Blog do Felipe Borba

Felipe Borba 11 meses

Conselhos de Empreendedor para Empreendedor

Separamos alguns conselhos de empreendedores para empreendedores que estão iniciando seu negócio, que enfrentam problemas, que já chegam onde queriam ou que estão alçando novos voos!

Empreendedor

Conselhos de Empreendedor para Empreendedor.

Para quem está começando seu negócio:

“Comece certo. Isso significa entender sobre o negócio que você quer abrir, estudar sobre o mercado, buscar mentores. Conhecer pessoas e empresas que já tem o resultado que você quer e aprender com eles pode acelerar o processo. Avaliar os riscos, planejar, desenvolver plano pré-operacional, fluxo de caixa, custo de matéria prima, mão de obra, logística, separar CPF de CNPJ, dentre outros são fatores essenciais.

Lembre-se daquela máxima: Onde eu entro, eu sei o que eu enfrento. E para ser bem sucedido, entre com disposição, na maioria das vezes você terá de trabalhar de forma dura, mas essa dureza precisa de planejamento e estratégia na direção certa. Ao falhar em planejar, nos planejamos para falhar.

Para quem está enfrentando dificuldades com seu negócio:

“Pare um pouco para refletir, pois, quando você está no caminho errado quanto mais você acelera, mais longe do destino você fica. Pare, pense, reflita, peça conselhos, desenvolva seu lado humano. Questione seus métodos, seu produto, seu formato, sua estratégia, etc. Busque entender o que o levou a chegar a este estado e responda a seguinte pergunta: O que eu não estou fazendo hoje e sei que quando fizer terá um impacto positivo em meu negócio? Comece colocando em prática a resposta desta pergunta!

Para o empreendedor que já chegou lá:

“Não se acomode. Se você desliga o motor de um boing, por mais alto e tranquilo que seja o seu voo, o avião vai começar a cair. O mesmo vale para o seu negócio. Então, crie desafios que te tirem sempre da zona de conforto”. Saber muito é muito pouco, inovação e aprendizagem são palavras de ordem para manter-se no topo, e para quem já chegou lá sabe do que estamos falando.

 

Dicas de empresário para criar um negócio de sucesso.

“Inspiração em Flávio Augusto, fundador da Wise Up e um dos mais admirados empreendedores do Brasil”.

1. Veja o que os outros não veem

Um empreendedor de sucesso tem visão de negócio, ou seja, a capacidade de enxergar tendências ou oportunidades em um mercado. “O visionário vê a onda chegando e já pega a prancha para surfar nela. Ele se antecipa aos demais”.

2. Tenha coragem para correr riscos

Segundo o empresário, nenhum negócio sai do papel se o empreendedor não tiver coragem. Ele diz que o medo é uma barreira maior do que a falta de capital para abrir a empresa. “Quem tem coragem arruma dinheiro emprestado e faz acontecer”. Corra risco calculado.

3. Una execução à gestão do negócio

Aliar conhecimento técnico no ramo de atuação a práticas de gestão é fundamental para o sucesso do negócio, diz Flávio Augusto. Para ele, de nada adianta saber programar se a empresa não souber vender o produto ou gerir o caixa. “Será preciso montar uma equipe capaz de executar a ideia e encontrar pessoas com características complementares.

4. Faça a empresa ser independente

“Flávio Augusto afirma que o negócio deve andar com as próprias pernas, sem depender da presença do fundador. Quando isso acontece, é sinal de que a empresa está madura, o que aumenta seu valor e credibilidade no mercado. “Chega uma hora em que o negócio está pronto para decolar e a presença do fundador trava, muitas vezes, por medo de perder o controle”.

5. Não deixe o sucesso subir à cabeça

Manter a essência é um dos grandes desafios do empreendedor, segundo Flávio Augusto. Para ele, é muito fácil se enganar e perder o foco quando a empresa dá lucro e a conta bancária aumenta. “Nunca se esqueça de quem você é. Eu sou a mesma pessoa que pegava trem lotado todos os dias para trabalhar. Não é minha conta bancária que determina meu valor ou quem eu sou.”

E para finalizar, é de suma importância para o empreendedor a busca constante em desenvolver habilidades como: comunicação, gestão, liderança, relacionamento interpessoal e inteligência emocional, para influenciar pessoas e manter a empresa em constante crescimento com sustentabilidade no curto, médio e longo prazo.

Gostou dessa matéria